Fechar

logo

Fechar

Presidente da CMCG defende que Sítio São João tenha espaço próprio

Da Redação*. Publicado em 3 de dezembro de 2019 às 9:34.

A doação do terreno de 24,8 mil m², localizado na avenida Floriano Peixoto e avaliado em R$ 7 milhões, para a Vila Sítio São João, que foi aprovada pela Câmara Municipal de Campina Grande, gerou muita polêmica na cidade.

Durante entrevista concedida a uma emissora de rádio local, nessa segunda-feira (2), a presidente da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), Ivonete Ludgério (PSD), explicou o motivo de o projeto ter sido votado com urgência na Casa e defendeu que o sítio tenha espaço próprio.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

– A doação do terreno para o Sítio São João veio com regime de urgência porque até o dia 19 podemos ter projetos de doação. No próximo ano, que é ano eleitoral, a Prefeitura não pode fazer nenhum tipo de doação de terreno e não podemos votar por conta das questões da legislação eleitoral. Eu acho que o Sítio São João mereça um espaço – disse Ivonete.

Na última terça-feira (26), o juiz Ruy Jander Teixeira, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande, determinou a suspensão da doação do terreno.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube