Fechar

logo

Fechar

Presidente da ALPB acredita que maioria da bancada do PSB deve acompanhar João

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 4 de dezembro de 2019 às 19:01.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O PSB é a maior bancada governista na Assembleia Legislativa e corre nos bastidores que apenas dois deles, ou duas, não vão seguir com o governador João Azevedo. São elas as deputados Estela Bezerra e Cida Ramos.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adriano Galdino endossa a tese que a maioria deve seguir mesmo com o governador. “O PSB, a partir desse rompimento, vai tomar dois caminhos: Alguns ficarão no PSB e acompanharão o ex-governador Ricardo Coutinho e outros sairão do partido e vão seguir João Azevedo. E acredito que a maioria do PSB fica com o governador”, disse.

Galdino disse que é um dos que está nesta fila e gostaria muito que o PSB fizesse o favor de conceder o direito de sair de forma amigável ou então que poderia expulsá-lo, que para ele seria um favor.

Para o presidente, o importante nesse momento é manter a governabilidade da gestão de João Azevedo e este é o seu propósito como presidente do Poder Legislativo.

“Como eu fiz lá atrás quando garanti a governabilidade de Ricardo Coutinho no momento em que havia um conflito entre o Executivo e o Legislativo, na gestão de Ricardo Marcelo. Quando eu assumi voltou a calmaria da Assembleia com os Poderes. Da mesma forma acontece agora e eu estou empenhado para João possa governar atendendo aos anseios do povo”, enfatizou.

Sobre todo o imbróglio entre os dois políticos, Galdino destacou que João sempre foi muito correto e leal, porém o que Ricardo Coutinho queria ninguém aceita. “Ricardo queria mandar como se ainda fosse governador. Ele é ex-governador e deve se comportar como ex-governador. João foi eleito pelo povo paraibano para ser o governador”.

O presidente lembrou ainda que da turma toda que faz política com Ricardo Coutinho tem mágoas dele porque ele gosta de humilhar, tratorar e não é afeito ao diálogo.

“O único que não tem mágoas deles sou eu porque quando ele quis fazer isso, eu fui pra cima dele e disse que podia parar porque eu não aceitava ser humilhado, mas o restante Cida, Estela, Gervásio, Harvásio, Luiz Torres, Nonato Bandeira e o próprio João têm mágoas dele”, completou Galdino.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube