Fechar

logo

Fechar

Polícia reforça ações no combate a homicídios e crimes patrimoniais, diz secretário

Da Redação. Publicado em 4 de dezembro de 2019 às 18:23.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O secretário estadual de Segurança e Defesa Social, Jean Francisco Nunes, afirmou nesta quarta-feira (4) que a pasta seguiu durante todo o ano com a estratégia de combate aos homicídios no Estado e que buscou o fortalecimento das ações de combate aos crimes violentos patrimoniais, bem como às explosões de banco.

“As primeiras ações (do ano) foram voltadas ao combate do crime violento patrimonial”, esclareceu o secretário.

Com o objetivo de conseguir responder mais rápido ao crime, Nunes citou a criação, por parte do Governo do Estado, do Batalhão Especializado de Policiamento com Motocicletas, o BPEMotos; bem como da Operação Alvorada.

Em paralelo, no início do ano, ações voltadas ao combate às explosões de banco também foram providenciadas, como a criação de uma força tarefa.

Na opinião dele, a Paraíba encontrava-se atrasada.

“Outros estados estavam se organizando e a Paraíba continuava atrasada, sem sequer participar de ações integradas com outros Estados”.

Com um esforço de superação deste atraso, o secretário disse que o Estado buscou a articulação da Polícia Militar com a Polícia Civil e com o Corpo de Bombeiros.

Agora, segundo ele, há também uma articulação com a Polícia Federal e com outros estados da federação. Com isso, garantiu, foi possível obter números positivos.

Um dos números refere-se à redução de homicídios. Segundo o secretário, a expectativa para o ano, no combate ao crime letal intencional, como é classificado oficialmente o delito, é de ter uma redução de 22%.

“São 222 mortes a menos com relação ao ano passado. É a maior redução da história da segurança pública no Estado”, celebrou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube