Fechar

logo

Fechar

João Azevedo: “Não vou quebrar o Estado simplesmente para fazer demagogia”

Da Redação. Publicado em 15 de dezembro de 2019 às 11:43.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Em cumprimento de agenda administrativa pela região do Brejo paraibano, o governador João Azevêdo defendeu a proposta de reforma da Previdência dos servidores públicos do Estado.

A proposta foi encaminhada pelo Governo do Estado para a Assembleia Legislativa da Paraíba na segunda-feira (9).

Numa das ocasiões, João disse que “não há como não aprovar (a reforma). É uma obrigação, se não o Estado fica irregular. É uma questão lógica”. Para o governador, este é um tema que “não se trata de partido político”.

Como forma de adequar a legislação estadual aos novos parâmetros definidos pela reforma apresentada pelo governo federal, ele informou que a reforma já foi feita no Espírito Santo, Maranhão, Bahia e Ceará.

– A discussão da demagogia e da hipocrisia eu não faço, não. Sou governador do Estado e tenho responsabilidade para com esse Estado e para com a população. Não vou quebrar o Estado simplesmente para fazer demagogia – disse.

O governador frisou que a reforma é necessária, e que por isso a defende: “Estou para governar. Não estou para fazer acordo com meia dúzia. Estou aqui para dizer que não serei fantoche de quem quer que seja”.

– Vou continuar governando este Estado e tomando as decisões. Não tenho a preocupação de agradar a todo mundo. Jesus Cristo não agradou todo mundo, imagine eu? Esse Estado vai continuar avançando – finalizou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube