Fechar

logo

Fechar

Consumidores e comerciantes da Feira Central reclamam de aumento no preço da carne

Da Redação. Publicado em 6 de dezembro de 2019 às 20:45.

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

A alta do preço nas carnes já chegou a afetar o bolso dos consumidores. A FIP apontou que na segunda quadrisemana de novembro, o preço das carnes bovinas subiu em média 4,2%.

O policial Lenildo Barbosa comentou o aumento do preço da carne bovina e disse que o Brasil está ficando apenas com o que sobra da China. Ele destacou que a alternativa para driblar o aumento do valor é consumir frango e carne suína.

– Altíssimos, de vinte dias para cá o preço aumentou não pouco, muito. Aumenta o preço, mas isso é em virtude da China que está levando a carne para lá toda. A gente vai entrar no frango, na carne de porco, que ainda está em conta – disse.

A comerciante Severina de Lima trabalha vendendo almoço na Feira Central de Campina Grande e citou que o valor dos seus almoços não aumentou e disse que o seu ganho está diminuindo de forma relevante.

– Um absurdo. Muito caro para o preço que a gente vende almoço. O ganho da gente vai diminuir. Se a gente passar adiante o aumento, a gente não tem como vender – afirmou, em entrevista à Rádio Caturité FM.

Kalina Lígia é comerciante na Feira Central e citou que nunca viu um aumento tão grande no valor da carne bovina.

– Os clientes que vêm do supermercado estão se espantando com o preço, mas a gente tem que passar o aumento, ou não pagamos a mercadoria. Faz vinte anos que estou aqui e nunca vi um aumento tão grande – colocou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube