Fechar

logo

Fechar

Cearte inicia Semana de Arte 2019 com exposições e apresentações multiculturais

Da Redação com Secom/PB. Publicado em 7 de dezembro de 2019 às 10:42.

O Centro Estadual de Arte (Cearte) realiza até o dia 12, a Semana de Arte referente ao ano letivo de 2019, na perspectiva de “Território Educativo”.

O evento concentra o resultado das ações desenvolvidas durante cada ano letivo nas seis áreas de conhecimento artístico oferecidas pela escola: Música, Dança, Teatro, Artes Visuais, Literatura e Audiovisual. A entrada é franca para todos os dias.

A Semana de Arte do Cearte é uma homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922, num exercício de memória como forma de recordar este movimento artístico-cultural, também chamado de Semana de 22.

Neste ano, aproveitando a experiência de todo o processo de trabalho desenvolvido sobre “Território Educativo”, a Semana de Arte terá eventos em três espaços: na sede do Cearte, com a exposição de Artes Visuais e de Literatura; na Usina Cultural Energisa, onde estarão as apresentações feitas pelos alunos do Cearte nas áreas de Teatro, Música e Audiovisual; e no Porto do Capim, com uma aula abertada professora Luciana Portela.

Em relação ao Território, Laura Moreno, diretora do Cearte, explica que “o conceito de território é para além do espaço físico e geográfico. Aliás, o primeiro território de dominação é o corpo, o das relações, das inter-relações.

“Os corpos-indivíduos que circulam na cidade, moldados por imposições e limites disciplinares da ordem social, exercendo ações de controle. Temosao redor, lugares e instituições desempenhando diferentes funções. Nós, enquanto Centro de Arte, estivemos trabalhando este ano sobre os arredores, mapeando lugares, personagens poéticos, históricos e situações. Oferecendo o acesso ao ensino da arte, mas também transitamos pelaprodução cultural, dialogamos nos âmbitos da cultura e da educação”, frisa.

Laura ainda explica que os resultados dos trabalhos são mediados pelos artistas docentes, instigando os estudantes com as propostas pedagógicas, por meio dos conteúdos de cada linguagem, mas deixando-os livres para criar segundo a sua própria escolha de expressão.

Toda a exposição de Artes Visuais será feita no prédio da sede e permanecerá ativa até o dia 28 de fevereiro.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

Na Energisa – Apresentações – Na segunda-feira (9), começam as atividades na Usina Cultural Energisa, com a exibição dos filmes realizados pelos alunos e as apresentações teatrais. Neste dia, em paralelo, será realizada uma aula aberta no Porto do Capim.

Na terça-feira (10), continuam as apresentações teatrais. Na quarta-feira (11), os alunos de Música preenchem o cenário, juntamente com apresentações de Teatro de Bonecos. No último dia, quinta-feira (12), será a vez da Dança. As atividades sempre iniciarão às 19h com encerramento às 23h.

Porto do Capim – A aula aberta no Porto do Capim consiste numa aula-performance como síntese do processo pedagógico que foi vivenciado pela turma do curso de extensão ofertado pelo Cearte e conduzido pela artista-docente Luciana Portela na comunidade do Porto do Capim.

O público será convidado a participar das histórias brincadas e dos jogos com palmas, pisadas, cantigas, versos e figuras inspiradas nas brincadeiras do Cavalo Marinho e do Maracatu Rural. A apresentação será realizada das 18h às 20h na Associação de Moradores do Porto do Capim.

Exposição de Professores – Além da apresentação dos alunos, neste ano o Cearte aproveita o espaço cedido pela Energisa e compõe a exposição dos professores Allan Luna e Helder Oliveira, ambos historiadores e fotógrafos, Artistas Docentes do Cearte.

Os professores estarão com a exposição “Kipupa Caiana: de malungo pra malungo”. As fotos fazem uma ponte entre dois agrupamentos de resistência negra de dois Estados diferentes do Nordeste, Pernambuco e Paraíba, e entre os vários malungos dessas duas localidades.

As exposições de Allan Luna e Helder Oliveira serão mantidas na Usina Energisa, após o termino das apresentações artísticas do dia 12/12, seguindo em horário comercial até o dia 09/01.

O Apoio  – A Semana de Arte do Cearte recebe neste ano o apoio da Usina Energisa, que fez a cessão do espaço. “São experiências que estamos fazendo, tecendo uma rede da política cultural e da educação, reconhecendo o valor do Centro Cultural Energisa e possibilitando fruição aos estudantes para que possam ter acesso a outros espaços culturais, o que consideramos de profundo enriquecimento”, ressaltou Laura.

Em relação à importância da Semana de Arte e do Cearte no cenário paraibano, Laura lembra que “o Centro Estadual de Arte é uma Política Pública vinculada à Secretaria da Educação e da Ciência e Tecnologia, para o Ensino da Arte, mas também é uma conquista e aquisição da sociedade paraibana como um todo.

No Cearte há uma demanda crescente, uma conquista muito importante para o desenvolvimento da nossa cidade de João Pessoa, mas também do estado, é uma resposta coletiva,conquistada pela população”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube