Fechar

logo

Fechar

Sousa celebra os 70 anos da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba

Da Redação com Ascom. Publicado em 10 de novembro de 2019 às 13:36.

Foi no auditório do Centro Cultural do Banco do Nordeste, que a Câmara Municipal da cidade de Sousa, realizou na tarde da última quinta-feira, uma Sessão Especial para comemorar os 70 anos da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP.

A Sessão foi marcada por testemunhos que revelaram o quanto as contribuições da FIEP, tem sido decisivas para o desenvolvimento econômico e social da Paraíba.

Durante a solenidade, o estudante, Jonathan Gianecchini Figueiredo da Silva, aluno Egresso da Escola do Sesi José de Paiva Gadelha da cidade de Sousa, falou emocionado da transformação de vida que teve ao se matricular no Sesi, e do aprendizado que teve nas aulas da Escola onde estudou, e que foram decisivas para que ele hoje estivesse matriculado no curso de Direito da Universidade Federal de Campina Grande – UFCG.

A sessão foi presidida pelo vereador Cacá Gadelha, que juntamente com o vereador Ananias Vieira de Almeida apresentaram a propositura em homenagem aos 70 anos da FIEP.

“Francisco de Assis Benevides Gadelha tem um belíssimo serviço prestado a Paraíba, em especial à cidade de Sousa, onde temos o SESI que foi construído em 1989, inaugurado na gestão dele, e em 2015 tivemos a inauguração da Escola Miriam Benevides Gadelha do SENAI, além de inúmeras ações que são realizadas aqui em Sousa pela FIEP, através do Sesi, SenaiI e do IEL. A história da FIEP se confunde com a história do nosso estado, haja vista que muitas instituições foram criadas a partir de iniciativas da Federação das Indústrias, como o Banco do Nordeste, e tantos outros órgãos”, disse.

“Tivemos também vários movimentos em prol do desenvolvimento da Paraíba, como o Grito pelo Calado do Porto de Cabedelo, que foi uma iniciativa da FIEP, a própria Transposição das Águas do Rio São Francisco foi uma bandeira de luta defendida pela Federação, então nós que representamos o Poder Legislativo da cidade de Sousa, não podíamos jamais deixar de reconhecer todo esse trabalho realizado nos últimos 70 anos pela Federação das Indústrias da Paraíba”, afirmou Cacá Gadelha.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O presidente da FIEP discursou resgatando todas as ações realizadas pela Federação em prol do Desenvolvimento da Paraíba.

“Fomos protagonistas no surgimento da SUDENE, do BNB, da Transposição de Águas do Rio São Francisco, e de inúmeras outras iniciativas como a Campanha pelo Calado do Porto de Cabedelo, onde nós fomos pessoalmente até Brasília, e conseguimos recursos para aumentar o Calado de 9 para 11 metros, porque alguns navios já não conseguiam mais entrar aqui na Paraíba. Além disso, nos últimos três anos, fizemos investimentos em infraestrutura educacional da ordem de R$ 60 milhões de reais na Paraíba. Todo o reconhecimento que temos recebido é fruto de um trabalho realizado por uma instituição, que foi criada, e é mantida e administrada pelo industrial paraibano”, enfatizou o presidente da FIEP.

Francisco Gadelha encerrou a sua participação recitando o poema Cotovia, de Manuel Bandeira. “Alô, cotovia! Aonde voaste, Por onde andaste, Que saudades me deixaste?….”. Numa alusão a sua ligação com a cidade de Sousa, onde nasceu, e passou parte da infância. E através da atuação da FIEP, ele vem transformando a vida de jovens através da educação oferecida pelo SESI, e da formação Profissional proporcionada pelo SENAI, a população do município de Sousa ganhou uma nova esperança, uma outra perspectiva de vida.

Ao final da Sessão Especial, Francisco Gadelha, entregou aos autores da propositura uma placa em agradecimento pela iniciativa.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube