Fechar

logo

Fechar

Rede Municipal de Saúde de JP oferta exames de mamografias durante todo o ano

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 3 de novembro de 2019 às 8:11.

O câncer de mama responde, atualmente, por cerca de 28% dos casos novos de câncer em mulheres. É o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma.

Independente do mês de outubro, quando é comemorado o ‘Outubro Rosa’, os serviços da rede municipal de saúde, em João Pessoa, ofertam 5,6 mil mamografias mensalmente, somando um total de 67 mil mamografias por ano.

No primeiro semestre deste ano, foram realizadas 10,4 mil mamografias. Já no ano passado, foram realizados 21,6 mil exames deste tipo, o que corresponde a uma média de 1,8 mil ao mês.

“É importante que o cuidado da saúde seja contínuo, que as mulheres fiquem atentas aos sinais de alerta e, que procurem os serviços de saúde para garantir a assistência. Prevenir ainda é melhor opção”, informou o secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgêncio.

Após sentir dores nas mamas, Vera Lúcia, aos 45 anos, assistida pela Unidade de Saúde da Família (USF) no bairro do Valentina Figueiredo, procurou de forma espontânea um serviço de diagnóstico onde foi identificado um nódulo.

“Sinceramente, é uma notícia muito impactante, não é fácil, sobretudo, graças a Deus que fiz o exame, já passei pela avaliação da mastologista e, em seguida, dei início a tudo que precisa para o pré-operatório. Estou otimista, porque vou seguir com o tratamento na perspectivava da cura”, disse a usuária.

Foto: Ascom

Para ter acesso ao exame, a usuária deverá se dirigir à sua Unidade de Saúde da Família (USF) de referência. No local, ela passará por avaliação do médico ou enfermeiro que, ao verificar a necessidade do exame, fará a requisição da mamografia.

Em posse do encaminhamento, as mulheres munícipes de João Pessoa podem optar entre fazer a marcação por meio da USF ou dirigir-se diretamente a um dos quatro serviços conveniados para fazer o agendamento.

Podem fazer a mamografia de rastreamento, as munícipes a partir dos 40 anos de idade. No caso das moradoras de outros municípios, pactuados com a Capital, os exames devem ser agendados por meio das Secretarias de Saúde de onde residem.

Dados – De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica de João Pessoa, já foram registrados, preliminarmente, 96 casos de câncer de mama e 62 óbitos decorrentes da doença este ano. No ano passado, foram 250 casos diagnosticados e 77 óbitos, enquanto em 2017 foram 220 casos e 64 óbitos.

A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) é de 240 novos casos de câncer de mama no município em 2019, o que representa uma taxa de incidência de 57,41 para 100 mil mulheres residentes em João Pessoa. Em todo o Brasil, a estimativa é de 59.700 novos casos este ano, ou seja, a taxa de incidência é de 51,29 para cada 100 mil mulheres brasileiras.

Serviço – Atualmente, os exames são oferecidos em quatro serviços, por meio da rede municipal. São eles: Centro Especializado em Diagnóstico do Câncer (CEDC), Fundação Napoleão Laureano, Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW) e Instituto Walfredo Guedes Pereira (Hospital São Vicente de Paulo).

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube