Fechar

logo

Fechar

Projeto Tech Tour de CG precisa de doações para continuar etapas

Da Redação. Publicado em 25 de novembro de 2019 às 23:15.

Após processos de inscrição, aprovação e consultoria, o projeto Tech Tour Campina Grande, realizado em parceria com o Parque Tecnológico e Secretaria de Ciência e Tecnologia e Secretaria de Desenvolvimento está em sua fase de captação de recursos.

Dentre as exigências do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está a tarefa de conseguir R$ 24 mil em doação de pessoas física e jurídica. Após isso, o Banco dobra o valor e o projeto será colocado em prática após seu término.

De acordo com Morgana Tito, uma das idealizadoras do Tech Tour Campina Grande, o objetivo é mostrar aos campinenses, mas especialmente aos turistas, os pontos históricos e turísticos da cidade. Dentre eles foram catalogados 15, tais como: Museu dos Três Pandeiros, Museu Digital, Parque da Criança, Monumento de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, Cine São José, Museu Nacional, Catedral de Nossa Senhora da Conceição, Teatro Severino Cabral, Cine Capitólio, Praça da Bandeira, Museu do Algodão, entre outros.

Durante entrevista à Rádio Campina FM, ela explicou como o projeto deve funcionar:

– O objetivo é fazer a integração dos pontos turísticos e históricos de Campina Grande, com uma ação de tecnologia de realidade aumentada. Vamos colocar à disposição um QRcode, que através de totens, o usuário vai passar a ter a informação referente ao ponto turístico que ele visitar. A leitura do código será pelo celular e ele vai ter a informação através de realidade aumentada.

O projeto está sendo executado pelo Parque Tecnológico de Campina Grande, e, de acordo com o representante da entidade, Danilo Albuquerque, nenhuma das entidades que compõem a comissão gestora do projeto ficará com os valores arrecadados do público em geral, mas servirá para financiamento com incremento do BNDES.

Após a arrecadação, o Banco dará um prazo de seis meses para que o projeto seja executado.

– Nossa ideia inicial é fazer a entrega desse novo aparelho para o turismo da cidade no mês de junho durante os festejos juninos. Seria extremamente relevante mostrar nossa cidade o protagonismo tecnológico de Campina em um momento em que a cidade estará repleta de turistas e mídia nacional – disse.

O projeto vai garantir lista de pontos turísticos da cidade, roteiro baseado na localização e traçar uma rota. No local, em um totem, o turista precisa ter o aplicativo do projeto baixado em seu celular e apontar o QRcode, e terá acesso à história da localidade através de realidade aumentada.

As doações seguem até o dia 22 de dezembro e podem ser feitas através do site: benfeitoria.com/techtourcampina

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube