Fechar

logo

Fechar

Pesquisador enaltece Comunicurtas e destaca crescimento de longa-metragem na PB

Da Redação*. Publicado em 22 de novembro de 2019 às 13:02.

O pesquisador em cinema Kleyton Canuto falou, nesta sexta-feira, 22, sobre a programação do Festival Audiovisual Comunicurtas, realizado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

De acordo com o professor, a previsão é de que as atividades culturais sejam iniciadas na próxima segunda-feira, 25.

Foto ilustrativa: Reprodução

Foto ilustrativa: Reprodução

Entre as atividades, estão previstas formações de mostras direcionadas a diversos públicos. O profissional enfatizou que já são 14 anos de realização do evento, contando com um acervo e tradição documental.

“Atualmente a gente vive uma guinada na ficção. Temos filmes que estão circulando pelos festivais a fora, como Rebento, de André Moraes, A Noite Amarela, do Ramon Porto, além de outros longas. Quer dizer, estamos numa safra de longas, o que antes era impensável, exemplificou Kleyton.

Quando questionado sobre o filme Bacurau, recentemente lançado no cinema brasileiro e que repercutiu no cinema internacional, ele disse o seguinte:

“O filme Bacurau pode ser visto enquanto fenômeno do cinema independente, pois ele é tido enquanto um retrato do contexto brasileiro, do fazer cinema”, concluiu Canuto.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube