Fechar

logo

Fechar

Otorrinolaringologista explica causas e tratamento da perda auditiva

Da Redação*. Publicado em 14 de novembro de 2019 às 12:01.

O diagnóstico de perdas auditivas tem aumentado de forma progressiva em todo o mundo. O otorrinolaringologista Carlos Diego afirmou que 180 mil paraibanos em média sofrem com algum tipo de problema auditivo e citou que esse dado está dentro da incidência nacional.

Carlos destacou, em entrevista à Rádio Caturité FM, que a principal causa de perda auditiva é a idade, pois há o envelhecimento das células do corpo.

Também disse que existem casos congênitos, como infecções que podem levar à perda auditiva, e também casos estimulados pelo uso contínuo de fone de ouvido com grande intensidade sonora.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

– A perda auditiva é uma coisa bastante comum, apesar de ser bem subjetiva. Muitas vezes a percepção é feita a partir de uma pessoa da própria casa ou do trabalho. A juventude de agora, quando estiver com 60 anos em 2050, vai aparecer os casos de perda auditiva induzida pela carga sonora excessiva na juventude – disse.

O médico frisou que é preciso que as pessoas se atentem para seus hábitos, pois a carga sonora tem uma influência muito grande na audição. Ele citou ainda que a perda auditiva causa zumbido, sensibilidade a qualquer nível de som e sensação de ouvido tapado.

Segundo Carlos, as células do ouvido não são regenerativas e é preciso que todo o cuidado seja tomado com o intuito de preservação da audição.

Ele também disse que o tratamento é feito através do aparelho auditivo, que ainda é visto com preconceito pela população.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube