Fechar

logo

Fechar

Consumidor opta por fazer pesquisa na internet antes de ir às compras pessoalmente

Folhapress. Publicado em 29 de novembro de 2019 às 13:47.

Paraíba Online • Consumidor opta por fazer pesquisa na internet antes de ir às compras pessoalmente

ARTHUR CAGLIARI E PAULA SOPRANA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Apesar de mais movimentadas do que em sextas-feiras comuns, as lojas do centro de São Paulo não ficaram abarrotadas de consumidores na manhã desta sexta-feira (29) para os descontos da Black Friday.

Nas redes de varejo Magazine Luiza, Casas Bahia e Americanas, a concentração de clientes se destacou na seção de celulares, cujos descontos chegaram a R$ 1.000 –alguns com ofertas superiores a 40%.

O paulistano Mário Roberto, 45, já havia comprado um liquidificador e uma televisão e buscava um celular para o filho.

“Na TV, consegui desconto de R$ 700. Agora quero ver se encontro um aparelho com preço bom para o meu filho.”
José Ribeiro, 58, diz que sua expectativa era maior em relação aos preços da Black Friday. Procurava encontrar um smartphone por R$ 700, mas não conseguiu por menos de R$ 1.200.

“Encontrei preço melhores na internet. Não estou achando que vale tanto a promoção aqui”, afirmou Ribeiro, que adquiriu um esfregador de chão giratório.

A pesquisa na internet foi um pré-requisito aos consumidores que foram às compras nas lojas físicas na manhã desta sexta-feira.

O funcionário público André Leal, 32, fez uma lista com os produtos que desejava e analisou os valores online antes de ir ao centro da cidade.

“Estou atrás de um ventilador, uma geladeira e um mixer. Pesquisei no site e percebi que na loja física não está valendo a pena.”

Neste ano, a estimativa é que as vendas online cresçam 18% em relação a 2018, de acordo com dados da ABComm, associação brasileira de ecommerce.

Emanuel Jean, 32, foi o único que a reportagem identificou a figurar a tradicional cena de Black Friday de consumidores carregando caixa de televisão no próprio ombro.

Ele diz que aguardava a data há muito tempo para adquirir um novo aparelho.

“Marquei para comprar agora na Black Friday. Paguei uma TV de 43 polegadas com 10% de desconto. Foi um preço bom, mas não vou comprar mais nada”, afirma.

Entre as varejistas visitadas pela reportagem nesta manhã, as Lojas Americanas foi a que apresentou a maior fila, com ao menos 50 pessoas por volta das 10h.

Em vez de eletrodomésticos, celulares e itens mais caros, os consumidores aproveitaram as ofertas da data para fazer estoque de produtos de higiene pessoal, alimentação e roupa íntima.

A cueca boxer da Zorba era vendida nesta manhã por R$ 9,99, enquanto há uma semana o preço era de R$ 19,99. Cremes e tintura para cabelo também entraram na liquidação.

Os descontos chegam a R$ 3 e R$ 4.Em vez de um xampu, dá para levar dois ou três”, afirma Cleide de Sousa, 38.

Com a cesta cheia, Marco Antônio de Campos, 45, comprou caixas de creme dental por R$ 0,99.

“Normalmente pago uns R$ 2 mais ou menos. Também levei xampu, condicionador, chocolate e bolacha”, diz.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube