Fechar

logo

Fechar

Reitor esclarece sobre ameaças de atentado na UEPB e tranquiliza acadêmicos

Da Redação*. Publicado em 21 de outubro de 2019 às 10:22.

Após a divulgação de uma suposta ameaça realizada por um aluno do curso de Letras Espanhol da Universidade Estadual da Paraíba contra uma professora e alunos do curso, o reitor da UEPB, Antonio Rangel Junior, afirmou que desde a última sexta-feira (18) a universidade tem agido em conjunto com a segurança do Estado para solucionar esse problema.

Rangel alegou, em entrevista à Rádio Caturité FM, que o estudante que fez as ameaças em sala de aula e espalhou links em redes sociais sobre um suposto atentato explicou que sofre de transtornos psiquiátricos e realiza acompanhamento médico há dez anos. Ele ainda disse que o estudante escreveu uma carta se desculpando e explicando a sua condição de saúde e se comprometeu a, ainda nesta segunda-feira (21) realizar o trancamento de sua matrícula no curso.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O reitor destacou que um mandado de busca e apreensão foi cumprido na residência do estudante e ele foi conduzido até a delegacia para prestar esclarecimentos. Rangel ainda tranquilizou a comunidade acadêmica assegurando que não existe nenhum risco contra a integridade das pessoas que frequentam a UEPB.

–  Tomamos providências desde a sexta-feira à noite, o sábado e domingo foram todos tomados por ações nossas, com articulações com setores de segurança pública da Paraíba e de ontem para hoje pela manhã, algumas questões foram esclarecidas. Primeiro, destacar que a nossa ação foi feita com muito cuidado, sem estardalhaço, porque era uma recomendação da segurança do Estado com o objetivo de não causar um pânico coletivo desnecessário e também não descuidar da segurança das pessoas. Houve uma divulgação ainda no sábado sobre essas questões e o assunto se espalhou. De ontem para hoje tivemos o contato direto com o estudante, ele relatou que sofre de transtornos psicológicos e há dez anos passa por acompanhamento psiquiátrico e ontem ele produziu uma carta explicando o acontecido, pedindo desculpas às pessoas e ao mesmo tempo explicando o que vem ocorrendo com ele no âmbito da sua saúde e o que pode ter desencadeado aquele problema. Quero tranquilizar a comunidade universitária que não há nenhum risco sobre a integridade das pessoas na universidade e que todos podem sentir segurança e irem às suas atividades com tranquilidade – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube