Fechar

logo

Fechar

Procurador ressalta necessidade de captação de jovens aprendizes nas empresas

Da Redação. Publicado em 2 de outubro de 2019 às 18:43.

Foto: Reprodução/ Internet

O procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) Raulino Maracajá comentou, em entrevista à Rádio Panorâmica FM, que houve uma audiência pública em Campina Grande para discutir, em conjunto com os vereadores, sobre a necessidade de inclusão de menores aprendizes nas empresas.

Ele destacou que o projeto de discussão faz parte da Semana Nacional da Aprendizagem que está acontecendo em todo o país.

Segundo Raulino, toda empresa precisa reservar 5% do corpo de funcionários para jovens aprendizes e nem todas as empresas têm cumprido com essa exigência.

Ele ainda destacou que não é estritamente necessário que exista um Senai ou outro tipo de instituição na cidade para que a empresa capte jovens aprendizes, tendo em vista que a modalidade à distância já está em vigor.

– É um projeto que está ocorrendo no Brasil todo na Semana Nacional da Aprendizagem no âmbito de todas as regionais para o cumprimento da cota de aprendizagem, que é de 5% para cada empresa em relação a quantidade de funcionários que elas têm. Algumas empresas têm dificuldades no cumprimento da cota, mas hoje já temos questões que podem ser pontuadas. É bem interessante a evolução que houve e não tem mais uma desculpa de não ter como contratar um aprendiz para aquela cidade. Ele pode contratar da mesma forma sendo ensino à distância – disse.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube