Fechar

logo

Fechar

Operação Brinquedo Legal autua cinco lojas e recolhe mais de 300 produtos em JP

Da Redação com Secom/JP. Publicado em 10 de outubro de 2019 às 19:50.

Foto: Agência Brasil

Das 15 lojas visitadas, cinco foram autuadas e 302 produtos apreendidos em balanço parcial da Operação Brinquedo Legal 2019, realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor nos estabelecimentos comerciais da Capital desde o dia 2 de outubro.

As principais irregularidades são a falta do selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e de informações nas embalagens sobre a utilização dos produtos.

O principal objetivo da Brinquedo Legal é fiscalizar a qualidade dos produtos destinados às crianças, que comemoram o dia neste 12 de outubro. O secretário Helton Renê esclarece que a operação visa garantir aos pais uma compra segura dos presentes para seus filhos.

“Nossa preocupação, além de garantir os direitos básicos do consumidor, é impedir que se comercializem produtos com algum tipo de irregularidade, com o risco, inclusive, de afetar a integridade física das crianças”.

A fiscalização do Procon-JP apreendeu brinquedos e equipamentos de lazer infantis como capacetes e kits de proteção para skate, kit mergulho, kit natação, óculos infantis, mini CDs diversos, relógio digital infantil e bebê conforto. “Nossos fiscais estarão na rua até esta sexta-feira, 11”, informou Helton Renê.

Multas – O secretário do Procon-JP salienta que as empresas autuadas têm um prazo de dez dias para procederem a defesa e, no caso das irregularidades confirmadas, sofrerão as sanções previstas em lei. “Os estabelecimentos terão seu prazo de defesa junto à Secretaria, mas, saliento, esse tipo de infração está sujeita à multa”, disse Helton Renê.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube