Fechar

logo

Fechar

Independência financeira é apontada como principal motivo para empreender na Paraíba

Da Redação com Ascom. Publicado em 9 de outubro de 2019 às 11:24.

Considerada uma prioridade para a maioria das pessoas em idade produtiva, a busca pela independência foi apontada por microempreendedores individuais (MEIs) da Paraíba como o principal motivo para o ingresso no mundo dos negócios.  É o que indica pesquisa realizada pelo Sebrae com 290 MEIs que estão em atividade no estado atualmente.

Conforme os números, 34% deles afirmaram que se tornaram empreendedores porque gostariam de ser independentes.

Além da busca pela independência, os outros motivos para empreender citados durante a pesquisa foram: a necessidade de ter uma fonte de renda (32%), o desejo de praticar conhecimentos profissionais (8%), a disponibilidade de dinheiro para começar um negócio aliada ao encontro de uma oportunidade (8%), o fato de não ter conseguido um emprego com bom salário (5%), não ter conquistado um emprego na área em que gostaria de trabalhar (5%) e outros motivos (8%).

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A pesquisa realizada com os empreendedores paraibanos também traz informações sobre a ocupação que eles possuíam antes de se registrarem como MEI. De acordo com os dados, a maior parte dos entrevistados (43%) possuía emprego com carteira assinada, enquanto 31% eram empreendedores informais, ou seja, que não possuíam CNPJ. Em seguida aparecem aqueles que eram empregados sem carteira assinada (12%), servidores públicos (4%), estudantes (3%), donos de casa (2%) e desempregados (2%).

Independentemente dos motivos ou da ocupação exercida, a decisão de iniciar um novo negócio e ingressar no universo do empreendedorismo demanda uma série de cuidados prévios, conforme explica a analista do Sebrae Paraíba, Germana Espínola.

“O primeiro passo para quem vai empreender é conhecer as suas próprias habilidades, ou seja, o que gosta e o que sabe fazer, além de analisar se há clientes que queiram comprar o seu produto ou serviço. Outro fator importante é fazer um planejamento financeiro e analisar tudo que será necessário para iniciar esse negócio”, pontuou.

Além disso, para aqueles que pretendem iniciar ou para quem já possui um negócio, a analista ressalta a importância de investir em capacitações.

“É importante estar atento às mudanças de perfil do consumidor, às novas tecnologias e inovações, trabalhar o marketing, fazer um planejamento com metas para que a empresa possa crescer e sempre ficar de olho na saúde financeira do negócio”, acrescentou Germana.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube