Fechar

logo

Fechar

Após segunda ação da “gangue da marcha à ré”, CDL-CG cobra segurança

Da Redação com Ascom. Publicado em 17 de outubro de 2019 às 20:15.

Foto: ascom

A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campina Grande divulgou uma nota nesta quinta-feira (17) cobrando maior segurança na cidade.

A nota foi divulgada após duas lojas pertencentes ao empresário Artur Bolinha, presidente da CDL-CG, serem arrombadas pela “gangue da marcha à ré”, em poucos dias.

Comércio de Campina Grande clama por segurança

Já faz muito tempo que a CDL Campina Grande ocupa os espaços da mídia para expor sua indignação quanto a um grave problema que tem causado sérios prejuízos ao comércio varejista campinense. E mais uma vez estamos aqui para chamar a atenção para a falta de segurança no comércio da cidade. A classe empresarial vem pedir, novamente, respostas ao Governo do Estado da Paraíba quanto à falta de estratégias eficazes para acabar com os assaltos e arrombamentos às lojas.

Campina Grande sofre com o abandono por parte do Governo do Estado, que não olha para a cidade com a atenção que deveria dar à segunda mais importante economia da Paraíba. E é na segurança publica que os efeitos desse abandono são sentidos. Diariamente assistimos aos casos de violência que tem transformado a Rainha da Borborema em um lugar pouco convidativo a receber investimentos.

Reconhecemos o trabalho desempenhado pelos policiais civis e militares que, mesmo com as más condições de trabalho, são os responsáveis por não permitir que a cidade não viva um pandemônio ainda maior. Aliás, pouco se pode fazer quando o próprio comando local da Polícia Militar reconhece que o efetivo é inferior ao que a cidade necessita.

Sempre que a CDL se pronuncia contra a insegurança em Campina Grande, logo são convocadas reuniões para serem apresentadas promessas que, na prática, nem chegam a ser executadas.

Mais uma vez, nos dirigimos diretamente ao Excelentíssimo Senhor João Azevedo, governador da Paraíba, e demais responsáveis pela segurança pública do Estado, para pedir rigor no combate ao crime contra estabelecimentos comerciais com o mesmo empenho que é dado às ocorrências registradas na capital, João Pessoa.

O comércio de Campina Grande clama por segurança.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube