Fechar

logo

Fechar

Empresários e dirigentes sindicais debatem estratégias para aumentar produtividade

Da Redação com Ascom. Publicado em 5 de setembro de 2019 às 12:57.

Empresários de diversos segmentos, representantes de indústrias e presidentes de sindicatos acompanharam na tarde da última terça-feira (3), no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), em Campina Grande, o Diálogo Sindical que teve como tema “Sucesso na crise – aumento de produtividade, fazendo mais com menos”. O evento foi promovido pela Confederação Nacional da Indústria – CNI, através do Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA.

A programação foi aberta pelo vice-presidente da FIEP, Magno Rossi, que ressaltou a importância do tema escolhido pela CNI, nesta edição do Diálogo Sindical.

“A produtividade é algo essencial no ambiente empresarial, e estamos acompanhando na atualidade, uma discussão em relação a esse tema no Brasil, onde percebemos que nossos índices são bem menores do que países como Alemanha, Japão EUA, e outros países desenvolvidos. E hoje vamos ter a oportunidade de discutir porque isso acontece, qual a diferença e o que podemos fazer para melhorar a produtividade em nosso país, sobretudo no setor industrial para que sejamos mais competitivos, e logicamente para que possamos atender ao mercado interno, como também trabalhar com a exportação”, disse.

Paraíba Online • Empresários e dirigentes sindicais debatem estratégias para aumentar produtividade

Foto: Ascom

Magno Rossi falou sobre a colaboração que a CNI tem dado ao setor produtivo, através do Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA. “Parabenizo a CNI pela iniciativa, em escolher esse tema, e pelo PDA que tem proporcionado a qualificação das pessoas, não apenas de diretores e presidentes de sindicatos filiados à FIEP, mas aos empresários da Paraíba de uma forma geral”, ressaltou.

A temática foi abordada pelo consultor, Marcos Kawagoe, que é engenheiro de produção, com vasta experiência em empresas nacionais e internacionais.

Marcos começou a palestra mostrando que aumentar a produtividade implica em mudar processos, que consequentemente acaba eliminando desperdícios. Falou sobre o Lean Manufacturing, ou manufatura enxuta, em português, uma filosofia de gestão que visa a eliminação dos processos e atividades que não agregam valor para o cliente.

“Quando aumentamos a produtividade, conseguimos reduzir os custos, mas isso só é possível através de mudanças nos processos internos, e quando fazemos isso conseguimos eliminar os desperdícios e naturalmente os nossos custos. Com isso vamos ter uma rentabilidade melhor, e consequentemente conseguiremos sobreviver melhor no mercado atual. Mas é importante lembrar que não existem receitas de bolo, cada empresa precisa buscar aplicar mudanças de acordo com a sua realidade”, comentou o consultor.

Marcos falou sobre os pilares que estimulam a produtividade e a qualidade na empresa. “Os pilares que trazem o aumento da produtividade e da qualidade são: em primeiro lugar os Processos, temos que mudar os processos e buscar a eficiência neles, tem que mexer também na Cultura, porque sem uma cultura adequada a empresa não consegue ter essa produtividade. Depois nós temos que desenvolver Pessoas, porque são elas que fazem os processos. Se você não desenvolver seus colaboradores, eles não vão ser eficientes. E por último é a Liderança, ou seja se ela não apoiar todo um processo de mudança de atividades da empresa, também não conseguimos mudar nada, e melhorar a produtividade”, explicou.

Aumentar a produtividade e qualidade na empresa, segundo o consultor não exige altos investimentos. “A maior parte das empresas do Brasil, são micro, pequenas e médias. Elas não dispõem de recursos como as grandes empresas. Então digo sempre que para aumentar a produtividade não é preciso ter muitos recursos, já que muitas vezes está na empresa esses recursos, ou seja, o capital humano, é só saber usar o que se tem, e com isso é possível ter um aumento da produtividade de 20% a 50%”, afirmou.

Já nesta quarta-feira, 04/09, o Diálogo Sindical acontecerá em Catolé do Rocha, das 18h às 20h no Centro Cultural Geraldo Vandré, no centro da cidade.

O Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA) tem como objetivo mostrar as empresas industriais que é possível promover o aumento de produtividade internamente nas organizações, motivando-as na tomada de decisão para a melhoria da eficiência e desenvolvimento das lideranças e colaboradores.

Informações adicionais podem ser obtidas através dos telefones (83) 2101-5322 e 2101-5476.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube