Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Deputado detalha finalização de reparos da transposição e obras do Eixo Norte

Da Redação*. Publicado em 3 de setembro de 2019 às 11:02.

Em entrevista concedida à Rádio Correio FM, o deputado federal Efraim Filho comentou seu encontro e conversa com o ministro Gustavo Canuto, sobre a transposição do rio São Francisco no Eixo Leste, que atende ao Cariri paraibano e a Campina Grande. De acordo com Efraim, a conversa foi motivada devido a ruídos sobre a paralisação do bombeamento da água.

Segundo o deputado, no diálogo, colocado por ele como responsável, foi informado que as obras foram motivadas devido a um trecho do canal que precisava de uma manutenção urgente, tendo em vista que, apesar de ter sido inaugurada há pouco tempo, a transposição já tem mais de 15 anos que começou a ser construída.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Ainda segundo ele, a manutenção foi iniciada de modo preventivo, para ter certeza que não teriam rompimentos, e o bombeamento foi parado para que, quando o canal estivesse seco, pudessem ser feitos os reparos.

– Se você faz lá no início o reparo, tem que secar ele todo, você não consegue colocar uma barreira aqui e uma barreira lá, essa água tem que ser desbombeada. Você não consegue fazer com o canal cheio. Então esse bombeamento foi parado, o canal foi seco, foi feito o reparo, a água já voltou a ser bombeada – ressaltou.

Efraim disse também que o canal tem cerca de 200 km e o tempo estimado para normalização do bombeamento é 90 dias. De acordo com ele, talvez no final de setembro ou outubro tudo já possa estar resolvido. Um outro ponto destacado por ele é que para fazer o reparo foi levado em consideração o nível de água do Açude de Boqueirão.

– Foi uma decisão tomada com responsabilidade e com imperiosa necessidade. Era preciso fazer agora que o manancial está cheio, está com garantia de abastecimento, do que lá na frente em um pico de seca, que traria problema – completou.

O político disse também que as explicações técnicas do ministro o convenceram, e afirmou que o problema já está no caminho da solução. Sendo assim, segundo ele, a garantia do abastecimento de água para a Rainha da Borborema e da região está mantida.

Efraim afirmou ainda que o Eixo Norte também foi pauta da conversa com o ministro do Desenvolvimento Regional.

– Ele disse que a obra tinha sido paralisada porque a empresa que tinha essa responsabilidade da construção foi pega na Operação Lava Jato. Era a construtora Queiroz Galvão. Ela entregou a obra praticamente quase indo à falência. Aí, sim, precisou ser feita uma nova licitação, a empresa nova ganhou e está com mais de três mil homens na frente de trabalho no Eixo Norte. Eles lá já inauguraram a terceira estação, são cinco – pontuou.

Por fim, o deputado concluiu que foi informado pelo ministro que o cronograma está marcado para que as obras do Eixo Norte sejam concluídas no primeiro trimestre de 2020, objetivando a liberação das águas que vão abastecer o Alto Sertão do Estado, que precisam tanto quanto as outras regiões.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube