Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Paralisação Nacional discutirá Fundeb e cortes na educação

Da Redação. Publicado em 2 de agosto de 2019 às 23:41.

Foto: Paraibaonline

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), Giovanni Freire, em entrevista nesta sexta-feira, 02, falou sobre a paralisação nacional, prevista para o próximo dia 13 de agosto, que reivindicará sobre os fundos para educação, e os cortes realizados na pasta, pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Na entrevista, o presidente do Sintab afirmou que a paralisação visa discutir todas as pautas que permeiam a pasta de educação, como o Novo Fundeb e os cortes realizados nas Universidades e Instituições Federais.

– Temos uma grande preocupação que é o Fundeb, o Novo Fundeb, que o governo federal não se abriu para um diálogo, o Ministro da Educação não se posiciona para criação do fundo. O fundo que nós temos hoje tem o prazo de validade até o dia 20 de dezembro. E os cortes, o governo diz que não é corte, pode usar o nome que seja, mas o prejuízo é visível. Bolsa estão sendo canceladas, pesquisas estão sendo canceladas – disse.

Giovanni ainda falou que as paralisações também irão reivindicar pautas que permeiam a educação municipal de Campina Grande.

– Nós temos na pauta os precatórios do Fundef, o governo municipal não fecha acordo com a categoria. Nós entendemos que dos recursos e precatórios do Fundef, 60% devem ser dos professores – afirmou.

As informações são da Rádio Caturité FM*

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube