Quantcast

Fechar

logo

Fechar

“Não se gera emprego diminuindo direitos dos trabalhadores” afirma economista

Da Redação. Publicado em 13 de agosto de 2019 às 22:40.

Foto: Paraibaonline

Em entrevista à rádio Cariri FM, na manhã desta terça-feira, 13, a economista Laudiceia Araújo esclareceu algumas questões relacionadas à reforma da Previdência proposta pelo governo do presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL).

Segundo Laudiceia, a reforma não irá cumprir com as suas principais promessas: sanar “dívidas” e gerar empregos.

– A reforma da Previdência não será suficiente, pois, ela não ataca os problemas que são fundamentais no país. A maior dificuldade que temos atualmente é de geração de emprego, e o argumento utilizado de que essa reforma geraria emprego é ilusório. Não se gera emprego diminuindo direitos dos trabalhadores – ponderou.

De acordo com a economista existem outras formas eficazes no processo de geração de empregos.

– Se gera emprego estimulando o crescimento da indústria, diminuindo a taxa de juros para que as empresas possam ter acesso a crédito, criando um clima de confiança no governo e nas instituições estabelecidas para que tanto os empresários tenham confiança no país – explicou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube