Fechar

logo

Fechar

G11 consigna apoio financeiro ao Laureano à provação das emendas impositivas

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 28 de agosto de 2019 às 19:00.

O deputado Tião Gomes (Avante) espera que a Assembleia Legislativa aprove o Projeto das Emendas Impositivas para que os deputados possam contribuir também com o apoio financeiro ao Hospital Laureano, que trata de pacientes com câncer. O hospital, que é de cunho filantrópico vem passando por dificuldades sem dinheiro e sem remédios quimioterápicos para o tratamento dos pacientes.

Conforme o deputado, o G11 está unido em muitas causas e está mudando muitas coisas na Paraíba e essa é uma delas. “Os nossos movimentos são positivos e de interesse do Estado. Quiseram dizer que nós éramos fisiologistas, mas não pegou. Nós somos trabalhadores e queremos o bom para Paraíba. Quando decidimos qualificar alguns pontos para discutir, o primeiro deles foi em relação as emendas impositivas porque podemos destinar essas emendas  e podemos destiná-las ao Hospital Laureano”, justificou.

O deputado afirmou ainda que o G11 fechou questão quanto à implantação das emendas impositivas até porque é um sonho não só dele , mas de todos os colegas de Parlamento. Gomes lembrou que 15 Estados já contam com as emendas impositivas implantadas e tudo feito com muita transparência.

“Aqui também será da mesma forma. Todos vão ver como a nossa ajuda será transparente e agora para o Laureno que é o anjo da guarda do povo humilde da Paraíba. Nós não podemos ficar assistindo a um hospital desse porte se acabar por falta de recursos. Portanto, esse é o momento de se fazer alguma coisa concreta e o G11 tomou essa posição de ajudar “,disse.

Contudo, o deputado não sobre quantificar a destinação de recurso porque o presidente terá que instalar a Comissão Especial para discutir as emendas impositivas e dentro delas será pedido um percentual destinado ao hospital sem prazo determinado.

“Nós vamos deixar todo ano um percentual de recursos através das nossas emendas. Se o defícit hoje do hospital é de um milhão e meio, nós podemos entrar com 800 mil ou mais por quê, não? Esse é um dos hospitais mais importantes para o Estado e precisamos abraçar essa causa”, argumentou.

Tião Gomes espera que diante dos fatos do Hospital Laureano, o governador João Azevedo se sensibilize e reabra o diálogo sobre as emendas porque na Casa, 30 deputados são favoráveis ao projeto e assinaram um documento solicitando a impositividade das emendas. “Nós somos governo e queremos ajudá-lo mais ainda com as nossas emendas”, concluiu o deputado.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube