Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Deputada critica postura de Bolsonaro: Não é mais um deputado federal

Da Redação. Publicado em 14 de agosto de 2019 às 21:07.

Foto: Paraibaonline

Em entrevista nesta quarta-feira (14), na Rádio Arapuan FM, a deputada estadual Camila Toscano (PSDB) criticou a postura do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que tem dado declarações polêmicas.

Segundo ela, Bolsonaro deve ter consciência sobre a importância do cargo que exerce e que ele “não é mais um deputado federal, e sim um Chefe de Estado”.

– Uma coisa que ele diz em tom de brincadeira, que ele acha que é brincadeira, acaba denegrindo a imagem do nosso país e levando a ideia de que o país está sendo governado por alguém que não entende. Os filhos dele ingerindo isso é muito ruim para nosso Brasil. Eu espero que ele mude, que ele entenda que não pode se portar da mesma maneira que se portava quando era deputado federal – ponderou.

A deputada ainda afirmou que essa postura incoerente do presidente é preocupante e merece uma correção.

– Com certeza, acho que todo brasileiro tem preocupação. O que eu vejo é que o presidente Bolsonaro, às vezes, esquece que é presidente. Eu acho que ele fala ainda, às vezes, até em tom de brincadeira. O que ele fez recentemente com o ministro Moro não comporta a um presidente da República – explanou.

A parlamentar emendou as críticas e frisou que, como estadual, se procura pensar não apenas no que posta nas redes sociais, mas também no que fala em público.

– Eu penso naquilo que eu falo, naquilo que eu coloco nas redes sociais, naquilo que eu digo, porque tem uma repercussão gigantesca. Imagine você sendo um presidente da República? Eu acho que mesmo passado oito meses, o presidente ainda não se tocou do que o que ele diz não repercute apenas como quando ele era deputado federal, repercute mundialmente. E aí não pode vir aquela desculpa que foi eleito daquela forma. A partir do momento que você se torna presidente, você não é apenas presidente dos que votaram em você, mas também das pessoas que não apoiam essa forma de agir. Então, espero que o país volte a reagir, caia o número de desempregos, pois não adianta fazer reformas se não mexer em certos privilégios que há no nosso Brasil – pontuou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube