Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Começa em setembro atendimento no ambulatório de consultas pré-anestésicas do HUAC

Da Redação com Ascom. Publicado em 30 de agosto de 2019 às 11:33.

A partir de setembro, o Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC-UFCG) da Universidade Federal de Campina Grande e vinculado à Rede Ebserh contará com um ambulatório voltado ao atendimento daqueles pacientes que estão com cirurgias marcadas, através de consultas pré-anestésicas.

Aconteceu, no início do mês, no HUAC, reunião com o objetivo de viabilizar o início das consultas. Estiveram presentes a chefe da Divisão de Gestão de Cuidados, Cândida Cavalcanti, o médico anestesiologista Rodoval Cabral, que estará à frente do ambulatório e a chefe do Centro de Assistência Especializada em Saúde e Ensino (Caese), Iolanda Guedes.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

A avaliação pré-anestésica é indicada antes de submeter o paciente à anestesia. Na consulta, o médico recolhe informações importantes sobre o estado de saúde, além das condições psicológicas do mesmo. É durante esse momento que o anestesiologista fica a par de todo o histórico do paciente, como possíveis alergias, uso de medicamentos, doenças já existentes, cirurgias anteriores.

Também é nesse atendimento que o médico dá todos os informes sobre a cirurgia: os cuidados necessários antes, durante e depois; como se dará o procedimento cirúrgico, entre outras informações que ajudam o paciente a dirimir suas dúvidas e, assim, sentir-se mais tranquilo quanto à intervenção que será realizada.

Deste modo, a diminuição dos casos de suspensão de cirurgia é um ponto a ser destacado com a prática das consultas, já que se torna viável a avaliação com antecedência dos possíveis motivos de uma intercorrência no procedimento cirúrgico.

“Com as consultas pré-anestésicas, caso seja necessário, já se reavalia o paciente e, se tiver alguma medida para ser implementada, já é providenciada. Assim, quando o paciente entra no centro cirúrgico, ele já está realmente preparado. A importância da consulta é exatamente essa: preparar melhor o paciente, para quando chegar o dia da cirurgia, ele estar pronto, tanto emocionalmente, quanto fisicamente”, comentou o médico Rodoval Cabral.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube