Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Procurador explica parecer por inelegibilidade na Aije do Empreender

Da Redação. Publicado em 12 de julho de 2019 às 16:25.

foto: Paraibaonline

foto: Paraibaonline

O procurador Victor Veggi apresentou, durante a sessão realizada nessa quinta-feira, 11, no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), um voto solicitando a inelegibilidade e a penalidade máxima dos investigados, entre eles, o ex-governador Ricardo Coutinho, na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) 2007/51, mais conhecida com “Aije do Empreender”.

De acordo com o procurador, aconteceram ‘abusos’ no programa, o que é inegável nos autos.

– Haja vista que as diversas irregularidades atingiram todo o Estado da Paraíba, dizer que todos os atos administrativos, com repercussão direto no pleito, especialmente, em 2014, ocorreram sem a participação dos investigados, com todo o respeito, não se sustenta – discordou o procurador.

Apenas o relator, o desembargador José Ricardo Porto, deu voto  favorável ao acolhimento parcial da ação, mas apenas com a aplicação de multas às partes investigadas.

O juiz Antonio Carneiro de Paiva Júnior pediu ´vista´ e o julgamento da Aije foi adiado para a próxima semana.

Informações da Rádio Correio FM*

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube