Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Presidente da OAB-CG critica o possível fim do Exame da Ordem

Da Redação*. Publicado em 23 de julho de 2019 às 8:15.

Em entrevista concedida nessa segunda-feira, 22, o presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Campina Grande, Jairo Oliveira, falou sobre o possível fim do exame da Ordem, que, segundo ele, poderá piorar a situação da advocacia no Brasil, pois a finalidade da prova é de apenas atuar como mais uma forma de garantir a qualidade da advocacia brasileira.

Na entrevista, o presidente da subseção da OAB afirmou que o exame da Ordem não visa à reprovação aleatória, enfatizando que a prova é realizada como um crivo, que age de maneira a habilitar quem realmente detém o conhecimento e capacitação necessários para atuar na advocacia.

Foto: Paraibaonline

– O exame da Ordem é um filtro, é uma seleção. Sem este filtro, nós vamos perder a qualidade da advocacia no Brasil. Nós temos um contingente de mais de 1 milhão de bacharéis que se submetem ao exame da Ordem e não são aprovados. E não é porque o exame tem o prazer de reprovar, é porque a qualidade cognitiva de conhecimento, que foi adquirido durante o período da universidade, não foi o suficiente – afirmou.

*As informações foram veiculadas na Rádio Caturité FM

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube