Fechar

logo

Fechar

Hospital Universitário de JP recebe R$ 1,4 mi do Governo Federal

Da Redação com Ascom. Publicado em 1 de julho de 2019 às 18:44.

O Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB), da Universidade Federal da Paraíba e vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vai receber R$ 1.451.029 de recursos do Ministério da Saúde (MS), por meio do Rehuf (Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais). A verba é gerenciada pela Ebserh.

“Os valores do Rehuf chegam trimestralmente e esse repasse, especificamente, é voltado para o custeio do hospital. Foi destinado, em reunião conjunta, para aquisição de medicamentos pelo setor de Farmácia; pela Unidade de Produtos para Saúde, adquirindo insumos de modo geral também para o hospital e também parte para aquisição de reagentes para o laboratório”, explica Moisés Diogo Lima, gerente de Atenção à Saúde e, no momento, superintendente em exercício do HULW.

Atualmente, os repasses do Rehuf (provenientes do Ministério da Saúde ou do Ministério da Educação) correspondem a cerca de 60% do orçamento anual do Hospital Universitário.

O restante é oriundo da contratualização com a Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), cujos recursos ficam em cerca de R$ 2 milhões de reais por mês.

O superintendente em exercício do HULW também ressaltou que é necessário que haja o uso racional e um bom gerenciamento desses recursos, dadas as demandas que são crescentes, principalmente nos serviços de mais alta tecnologia na área da saúde. Soma-se a isso a defasagem da tabela do SUS (Sistema Único de Saúde), que não sofre atualização há muitos anos.

“Isso gera uma defasagem entre o que é repassado para o hospital e o que o HU tem necessidade de comprar”, afirma Moisés Lima, destacando que mesmo o percentual de reajuste do Rehuf e da contratualização com a PMJP não acompanham, por exemplo, a inflação.

O gestor também evidenciou a importância dos recursos do Rehuf para a manutenção das atividades do Hospital Universitário Lauro Wanderley. “É fundamental. O Rehuf é uma ajuda grande tanto para o custeio do hospital, de modo geral, quanto para a aquisição de insumos e parte do pagamento de contratos”, destaca.

Outro aspecto fundamental do Rehuf, conforme o superintendente em exercício, são as verbas que chegam para equipamentos médicos e também para a reforma física dos ambientes do hospital.

“Geralmente, esses valores têm uma rubrica já determinada e só devem ser utilizados exclusivamente para isso. Então, as reformas que o hospital precisa, do ponto de vista físico, e a aquisição de equipamentos também são dependentes, exclusivamente, dos repasses do Rehuf”, esclarece Moisés Diogo Lima.

Ao todo, foram liberados R$ 79,5 milhões do Rehuf para 48 unidades hospitalares por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (1). Todas as liberações de verbas fazem parte de um planejamento prévio feito pela Ebserh para garantir os investimentos e a manutenção dos serviços das unidades.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube