Fechar

logo

Fechar

Ex-governador opina sobre AIJE e diz não ter vontade de disputar a prefeitura de JP

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 12 de julho de 2019 às 14:36.

 

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que se encontra descansando em sua chácara localizada no município de Bananeiras, falou à imprensa sobre o processo de votação da Ação de Investigação Judicial Eleitoral impetrada contra ele, pela Coligação ‘A Vontade do Povo’ encabeçada pelo PSDB.

A votação teve início na sessão dessa quinta-feira (11), com o voto do relator da matéria, desembargador José Ricardo Porto.

Muito embora não quisesse comentar o voto do relator, que julgou pela improcedência da AIJE mantendo a elegibilidade e dos possíveis votos que serão dados, o ex-governador destacou que não existe dentro do processo uma única prova que diga que a pessoa recebeu dinheiro em troca de voto.

“Não existe isso. Eu criei o Empreender em João Pessoa e no Estado como um programa social de fé. E ninguém percebe isso. É tudo público”, disse.

A AIJE contra o x-governador pede a sua inelegibilidade pelos próximo oito anos. Muito embora já conte com um voto contrário, Ricardo Coutinho falou ainda sobre o processo eleitoral de 2020 e disse que trabalha para o PSB ter um novo quadro para disputar à Prefeitura Municipal de João Pessoa nas eleições do próximo ano.

“Não tenho nenhuma ideia se vou disputar a eleição. Gostaria muito que o partido tivesse outros nomes. A minha função é criar novos nomes. A minha função não é ocupar todos os espaços. Sinceramente, não tenho essa vontade. Vai chegar o momento que vamos discutir isso. Se o partido tiver um nome com condição e propriedade seria muito bom apoiá-lo, andando pelas ruas”, enfatizou o ex-gestor.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube