Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Especialista revela ao MP alta qualidade da água distribuída pela Cagepa em CG

Da Redação. Publicado em 4 de julho de 2019 às 19:35.

Foi realizada na última semana, uma audiência no Ministério Público com representantes do Laboratório de Ecologia Aquática da Universidade Estadual da Paraíba, a respeito da atual situação da água do açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão. Representantes técnicos e gerencia da Cagepa estiveram presentes.

Em entrevista à Rádio Campina FM, o professor da UEPB especialista em recursos naturais, José Etham Barbosa, falou que desde 2015 é feito um monitoramento e apresentando laudos à Cagepa e ao Ministério Público para mostrar o volume de cianobactérias na água do açude.

– Havia um entendimento que, como a densidade das cianobactérias na água bruta estava elevada, achava-se que essas estariam também na água tratada. Mas não é o caso. O tratamento de água oferecido pela Cagepa é suficiente para reduzir o número dessas toxinas e conseguir colocar a água tratada, distribuída em Campina Grande e região, dentro dos patamares da Legislação vigente do Ministério da Saúde – explicou.

O professor ainda disse que, desde a entrada da água do São Francisco no açude, houve momentos de instabilidade e com isso mudanças na qualidade da água, porém agora os resultados dos laudos apontam para uma estabilidade em função do tratamento realizado pela Cagepa.

– O cenário é sempre dinâmico e essa água vai mudando ao longo do ano e do período chuvoso e de seca, mas sempre ficamos de prontidão para observar esses comportamentos – ressaltou.

Informações da Rádio Campina FM

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube