Fechar

logo

Fechar

Deputado opina que será menos vergonhoso se Moro pedisse exoneração do cargo

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 2 de julho de 2019 às 18:35.

Foto: Paraibaonline

Para o deputado estadual Jeová Campos (PSB) depois de toda a promiscuidade demonstrada com o vazamento das mensagens trocadas entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol, seria menos vergonhoso para o próprio ministro que admitisse a culpa e pedisse a exoneração do governo.

Segundo o deputado, os fatos são inaceitáveis e o que tem sido revelado desde então são fatos graves que colocaram em xeque tudo o que já foi feito principalmente em relação a prisão do ex-presidente Lula. Para o deputado, alguns procuradores tinham total consciência de que Moro agia de maneira sistemática e descumprindo as lei.

“A opção menos vergonhosa, nesse caso, seria, além de reconhecer sua culpa no caso, principalmente em se tratando das conversas que evidenciam influências dele (Moro) na Lava Jato e que mostraram o esforço conjunto para condenar o ex-presidente Lula, era também pedir a exoneração de seu cargo de ministro. Isso também serve para os procuradores envolvidos nos diálogos, já que mostra a omissão deles nesse processo todo que resultou na prisão do ex-presidente”, ressaltou.

O deputado afirma ainda que Moro precisa sofrer as sanções cabíveis que esse caso requer e Lula deve ser solto sim, “pois estamos diante de um ato criminoso para condenar alguém sem provas e com a clara manipulação de quem deveria ser completamente neutro no processo e foi exatamente o contrário”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube