Fechar

logo

Fechar

Colunista comenta a votação da reforma da Previdência

Da Redação. Publicado em 11 de julho de 2019 às 21:46.

A ´folga´ superior a 70 votos em relação ao quórum mínimo (308) para a sua aprovação sintetiza tudo acerca da votação, ontem, do texto-base da reforma previdenciária.

Pra começo de conversa, aprovação de reforma desse tipo nem comporta comemoração.

Representa, na prática, uma cirúrgica (e discutível) intervenção política para se evitar a infecção generalizada das finanças públicas.

Mas, no contexto em que ocorre essa apreciação, a dita reforma permite ao Legislativo recompor as suas prerrogativas constitucionais, mesmo com os respingos da ´enxurrada´ de liberações de emendas por parte do Executivo.

Jair Bolsonaro vai capitalizar o feito, mesmo tendo contribuído, na reta final, para um desfecho diferente ou mais demorado.

Em alguns momentos, emana a sensação de que o presidente tem uma maneira atípica de ´escrever´ o que o seu governo busca, ´por linhas tortas´ ou não convencionais.

Quanto à bancada paraibana (8 votos a favor e 4 contra, conforme você pode conferir no paraibaonline), a maior surpresa foi o voto ´não´ do deputado Hugo Motta (PRB).

*fonte: coluna Aparte, com o jornalista Arimatéa Souza, publicada no paraibaonline.com.br

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube