Fechar

logo

Fechar

Após denuncia, médicos da FAP querem afastamento de auditora da Saúde

Da Redação. Publicado em 4 de julho de 2019 às 23:38.

Foto: Reprodução/TVPB

Médicos que atuam no Hospital da FAP em Campina Grande suspenderam a realização e cirurgias eletivas após denunciarem que as Autorizações de Internação Hospitalar (AIH) estariam sendo fraudadas no setor de auditoria da Secretaria de Saúde.

Nesta quinta-feira (04) ocorreu uma reunião entre os médicos e a secretária de Saúde para debater o caso. Os profissionais advertiram que só retornam às atividades quando a auditora for afastada das funções.

O afastamento só deverá ocorrer a partir de segunda-feira, quando a secretaria receberá a notificação oficial da Fap. A expectativa é que ainda na próxima semana, os procedimentos voltem a ser realizados.

A secretaria pediu um prazo de 30 dias para verificar as denuncias junto ao Ministério da Saúde. Caso seja comprovado que há restos a pagar, os valores serão ressarcidos aos médicos.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube