Quantcast

Fechar

logo

Fechar

João Azevêdo inaugura escola e autoriza licitação para ginásio em Capim

Secom/PB. Publicado em 2 de junho de 2019 às 16:37.

Foto: Secom/JP

Foto: Secom/PB

O governador João Azevêdo inaugurou, nesta sexta-feira (31), a Escola Estadual de Ensino Médio Agropecuarista José Wilson de Albuquerque Melo, no município de Capim. A obra representou um investimento superior a R$ 2,4 milhões – oriundos do tesouro estadual – e irá beneficiar diretamente 600 alunos.

Na solenidade, o gestor assinou a autorização da ordem de licitação para a construção do ginásio na unidade escolar, que também foi contemplada com o programa ‘Bom de Bola’, que prevê a construção de 90 ginásios em escolas estaduais da Paraíba. Deputados estaduais, prefeitos, vereadores, lideranças da Região e auxiliares do Governo da Paraíba prestigiaram o evento.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou o compromisso do Governo do Estado com o fortalecimento da educação da Paraíba e o esforço de toda a equipe para concluir, antes do prazo, a construção da escola inaugurada nesta sexta-feira.

“Isso representa a evolução da escola pública do Estado que tem todas as condições de oferecer um bom e qualificado processo de ensino. O momento mais feliz da gestão é quando inauguramos escolas que permitem uma qualidade de ensino ainda melhor; esse é o único caminho para fazermos uma sociedade se desenvolver. Eu fico muito satisfeito de ver a empolgação e a energia dos alunos que têm a oportunidade de manusear equipamentos de robótica e de aprender técnicas nos laboratórios”, sustentou.

O secretário de Educação, Aléssio Trindade, destacou que a escola atende a uma reivindicação apresentada no Orçamento Democrático e anunciou que ela se tornará Cidadã Integral a partir do próximo ano.

“Os estudantes ganharam um local amplo, com espaços de laboratórios, de audiovisual e refeitório. É bom destacar que das 662 escolas estaduais, mais de 400 já foram reformadas, ampliadas ou construídas, mas nós ainda temos uma caminhada de reestruturação na estrutura física da nossa rede”, frisou.

O deputado estadual Jeová Campos lembrou que também pleiteou a construção da escola ao Governo e enalteceu o compromisso do Estado com a educação.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

“Quando se constroi uma escola, se constroi um caminho para a esperança. Eu fui salvo pela escola que para mim é um espaço para construção de descobertas e de domínio da ciência e da tecnologia. Eu sei o que é morar numa comunidade sem escola e ter que ir para a cidade para poder estudar, mas a vida me fez ser um filho da escola e eu estou muito feliz por ser coadjuvante dessa conquista”, falou.

A diretora da unidade escolar, Ana Alves, afirmou que a obra tem uma grande importância para toda a comunidade de Capim.

“Eu agradeço desde já ao Governo do Estado por essa construção e, a partir de agora, vamos melhorar a oferta de ensino por termos um espaço adequado que nós não tínhamos e que passamos a ter”, comentou.

A aluna Márcia Veloso disse que o município de Capim vivencia um momento histórico com a inauguração da escola.

“Nós vamos zelar por esse prédio para alcançarmos bons resultados e agradecemos ao Governo do Estado pela agilidade da obra que é modelo para o Vale do Mamanguape por sua estrutura, qualidade e conforto”, comemorou.

O estudante Gabriel Quirino agradeceu à gestão estadual por atender ao pedido da comunidade escolar.

“O prédio ficou muito bonito, os laboratórios são excelentes e eu estava muito ansioso para começar a estudar na nova estrutura”, relatou.

A superintendente da Suplan, Simone Guimarães, afirmou que a obra foi pensada em sustentabilidade e no meio ambiente.

“Esse foi um investimento idealizado para o bem-estar dos alunos para que eles se sintam bem e com vontade de vir para a escola”, acrescentou.

A construção contemplou quatro salas de aula, laboratórios de Ciências, Matemática, Robótica e Informática, biblioteca, sala de professores, secretaria, diretoria geral, sala de arquivo, espaço pedagógico, recreio, depósito, área de convivência, cozinha, despensa, baterias de banheiros acessíveis, estacionamento, hall e rampa de acessibilidade.

A unidade escolar foi projetada obedecendo aos padrões ambientais, assegurando conforto térmico, acústico e visual dos alunos, professores e funcionários. A obra permite uma melhor utilização da iluminação natural para que seja minimizado o uso permanente de iluminação artificial e não seja necessária a adoção de sistemas de condicionamento de ar.

A nova estrutura também permite a utilização de água de chuva, trazendo várias vantagens, a exemplo da redução do consumo de água da rede pública e do seu custo de fornecimento, evitando a utilização de água potável onde não há necessidade, como, por exemplo, na descarga de vasos sanitários, irrigação de jardins e na lavagem de pisos.

Ginásio – A construção do ginásio poliesportivo é estimada em R$ 766 mil – provenientes de recursos próprios do Governo do Estado – e contará com arquibancadas e vestiários.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube