Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Hospital de Trauma passar a ser administrado por nova organização social

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 30 de junho de 2019 às 9:51.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

A partir desta segunda-feira (01), o Hospital de Trauma do Estado, Senador Humberto Lucena, passar a ser administrado por uma nova organização social, já que se encerra também neste dia o contrato com a Cruz Vermelha, organização que está sendo investigada pelo Ministério Público através da Operação Calvário por envolvimento com várias irregularidades.

O governador João Azevedo (PSB) decidiu que não irá renovar o contrato com a Cruz Vermelha, que estava administrando o Hospital desde 2011. Ele garantiu ainda que não haverá prejuízo de forma nenhuma para os fornecedores, cooperativas médicas e para os funcionários.

“O governo do Estado assume o compromisso de honrar cada direito trabalhista que cada servidor tem com o hospital. Não haverá solução de continuidade nenhuma. Nesta segunda-feira, qualquer pessoa que precisar dos serviços do HT, terá o hospital aberto e funcionando normalmente”, destacou.

Azevedo enfatizou também que a fiscalização será mais rígida com a nova organização social, ainda não escolhida, que irá gerir o hospital a partir de um decreto criado pelo governo do Estado, que regulamentou a lei, que estabelece a relação entre o 1º e o 3º setor. O objetivo é priorizar a transparência cada vez mais com vários níveis de acompanhamento dentro dos contratos com a nova OS.

“Nós teremos um controle na própria unidade gerida pela OS. Nós vamos ter um gestor em cada unidade dessas. Nós teremos um outro nível de gestão com um controle feito através da Secretaria de Saúde, e um terceiro nível de gestão que será feito pela Superintendência que faz o controle de todos os contratos com as OS e um quarto nível que é a Controladoria Geral do Estado, ou seja, com todo esse sistema de controle de acompanhamento e a presença maciça do governo dentro desses contratos com as unidades, nós temos certeza que o serviço funcionará bem”, explicou.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O secretário de Saúde do Estado, Dr Geraldo Medeiros informou ainda que três Organizações Sociais estão qualificadas para ocupar o cargo da Cruz Vermelha, mas que somente duas estão de fato concorrendo, cuja escolha será publicada no Diário Oficial da terça-feira (02). Ele explicou que as novas OS estão sendo avaliadas e todo o corpo de documentos e metas que deverão ser cumpridas e o que elas devem apresentar mensalmente em termos de transparência para os órgãos de Controle.

“Nesta segunda, nós anunciaremos a OS que foi escolhida entre a Santa Casa de Misericórdia de Birigui (SP) e o Instituto Acqua. Entre essas duas sairá a OS que gerenciará o Hospital de Trauma durante 6 meses, que é o prazo emergencial do contrato e ,posteriormente, faremos o contrato definitivo de 2 anos, podendo ser renovado a depender do desempenho da Organização social”, completou.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube