Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Deputado paraibano bate de frente com superministro de Bolsonaro

Da Redação*. Publicado em 23 de junho de 2019 às 13:30.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Em entrevista ao ´Estadão´, o líder do Governo na Câmara Federal, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), afirmou que “não adianta o Paulo Guedes (ministro da Economia) fazer beicinho. O que adianta é aprovar uma reforma (previdenciária) realista, mesmo que mais modesta”.
“É um discurso no deserto. Não aterroriza ninguém, não sensibiliza ninguém”, grifou sobre Guedes.

Para o paraibano, “a reforma da Previdência que pode ser aprovada não será a do governo. Será uma outra, que estamos construindo, com um impacto fiscal, em dez anos, entre R$ 600 milhões e R$ 800 milhões.”

“Se o Paulo Guedes quiser sair (do governo) não tem problema, o presidente mesmo já disse que a porta está aberta”, instigou.

O deputado ressaltou que conseguir 308 votos “é uma difícil construção cirúrgica”.

“O governo não ajuda muito, porque o presidente Bolsonaro tem boa intenção, mas não tem projeto e não tem foco”, emendou.

Aguinaldo enfatizou que “a aprovação da reforma da Previdência não será a salvação da lavoura, como o governo está anunciando”.

*fonte: estadao

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube