Fechar

logo

Fechar

Deputado diz não temer punição do Conselho de Ética, após denúncia de colega

Da Redação de João Pessoa (Hacéldama Borba). Publicado em 18 de junho de 2019 às 17:04.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O deputado Cabo Gilberto (PSB) disse não temer a punição por parte da parlamentar Estela Bezerra (PSB), que vai acioná-lo no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa da Paraíba por quebra de decoro parlamentar.

O deputado foi acusado de ter divulgado o vídeo no qual a deputada Estela Bezerra (PSB) é implicada pela a advogada Laura Berquó de envolvimento no caso do Jampa Digital, que culminou com a morte do assistente de TI Bruno Ernesto.

O fato ocorreu durante uma fala da advogada em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa onde se discutia o lançamento da Campanha Maio Amarelo do Detran, com o objetivo de evitar acidentes de trânsito.

O que se discutiu entre os parlamentares é que o momento não foi conveniente para a fala de Laura Berquó, que causou constrangimentos no Parlamento.

“Estou muito tranquilo em relação a isso, pois é um direto da deputada assim o fazer. Só que ela não tem a mínima autoridade para acionar qualquer deputado no Conselho de Ética, a começar pelas ausências dela nas sessões da Casa”, disse.

Ele lembrou ainda que a própria deputada já cometera infrações em Plenário quando da vinda do então presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha.

“Ela [Estela] trouxe toda a militância dela que, insuflada pela própria, quebrou a porta de vidro e ela não respondeu ao Conselho de Ética. Ela não tem autoridade nenhum para fazer qualquer coisa contra qualquer deputado por qualquer fato”, destacou.

Cabo Gilberto disse ainda não ter feito nada demais em relação à deputada, pois a Assembleia Legislativa é a casa do povo e está aberta a toda a sociedade paraibana.

“A advogada veio aqui e falou o que quis. Eu não tive nada a ver com a fala da advogada. Eu não estou envolvido no maior esquema de corrupção, que desviou mais de um bilhão de reais da saúde pública. Eu não faço parte da bancada do vinho. Podem me chamar da bancada da bala, mas do vinho não”, afirmou o parlamentar.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube