Fechar

logo

Fechar

Sindicato volta a reclamar: PMCG ainda não pagou piso nacional dos ACSs e ACEs

Da Redação*. Publicado em 24 de maio de 2019 às 12:33.

Os agentes comunitários de saúde e os de combate às endemias de Campina Grande fizeram ontem uma manifestação na Câmara Municipal porque, segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), Giovanni Freire, o prefeito Romero Rodrigues e a secretária de Saúde, Luzia Pinto, teriam garantido que até o dia 23 o projeto de reajuste salarial da categoria estaria na CMCG para ser votado.

De acordo com o sindicalista, o projeto não foi encaminhado para a Câmara e que Campina Grande seria a única cidade, onde o Sintab atua, que o prefeito não realizou o reajuste aos ACSs e ACE.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

– O piso deveria ter sido reajustado em janeiro, como ocorreu em todos os municípios e o governo federal tem encaminhado os recursos para a cidade. Tivemos negociação com o prefeito e a secretária de Saúde de que o projeto seria encaminhado para a Câmara até o dia de ontem, mas não foi. Estamos em caráter de assembleia e vamos ver o que a categoria vai deliberar a partir dessa informação – disse.

O sindicalista ainda questionou o atraso dos servidores da saúde. De acordo com ele, alguns teriam recebido, no dia último dia 21, os salários do mês de abril.

– Nenhum servidor da saúde, como diz na propaganda e calendário, recebe no mês trabalhado. Alguns recebem cinco dias após o final do mês, tivemos servidores efetivos que receberam no dia 21 o mês de abril. Existe sim o financiamento da saúde por parte do Ministério da Saúde, mas existe contrapartida do município. Acredito que deveria priorizar os salários dos servidores para que, inclusive, não haja paralisação dos serviços – ressaltou.

*Informações da Rádio Campina FM

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube