Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Salários de assessores fantasmas em Câmara na PB serviam para pagar empréstimo

Da Redação. Publicado em 14 de maio de 2019 às 20:34.

O vereador “Fernando Boca Louca”, acusado de empregar servidores fantasmas na Câmara Municipal da cidade do Conde e ficar com o valor dos salários deles deu detalhes à Polícia de como o esquema funcionava.

Segundo ele, alguns desses assessores ele sequer conhecida, pois eram pessoas indicadas pelo ex-vereador José Muniz de Lima, a quem ele devia um dinheiro.

José Muniz é servidor da Câmara e atualmente exerce o cargo de diretor de patrimônio da casa e teria atividades de agiotagem.

Ele ficava com os valores dos salários desses servidores fantasmas como parcelas do empréstimo tomado pelo vereador Fernando.

Fernando também disse que José Muniz teria emprestado dinheiro a outros vereadores nos mesmos moldes.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube