Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Romero Rodrigues usa a Cruz Vermelha para atacar governador paraibano

Da Redação. Publicado em 18 de maio de 2019 às 17:42.

Foto: Paraíbaonline

Foto: Paraíbaonline

Em entrevista dada ontem, Romero Rodrigues se posicionou contra a prorrogação do mandato dos atuais prefeitos – como preceitua uma proposta em tramitação no Congresso Nacional -, como forma de concretizar a unificação das eleições.

À sua ótica, são pequenas as chances de a proposta avançar: “Eu acho, até porque fui deputado federal, que não é uma coisa fácil de passar no Congresso Nacional”.

“Eu, particularmente, sou contra a prorrogação do mandato”, assinalou.

O prefeito campinense opinou que “sou totalmente a favor da unificação das eleições. Não dá mais para aguentar uma eleição a cada dois anos. É preciso também acabar com a reeleição, que é um absurdo”.

Na sua percepção, os congressistas “fizeram uma pirotecnia nas ultimas mudanças na legislação eleitoral”.

Ele confirmou que dia 25 próximo (sábado que vem), o ex-ministro Gilberto Kassab estará em Campina Grande para abonar pessoalmente a sua filiação ao PSD.

Romero aproveitou a oportunidade para salientar que “os municípios estão inseridos numa crise sem precedentes na história do Brasil”.

“Essa crise também chegou na porta do trabalhador, através do desemprego”, adendou.

Na parte final de suas declarações, Romero comentou uma recente afirmação do governador João Azevedo (PSB), segundo a qual o Estado ajudará na realização do Maior São João do Mundo através dos serviços prestados pela Polícia Militar e pelo Hospital de Trauma de Campina Grande.

“Vejo com tristeza. O São João é uma festa que, de certa forma, pertence ao Estado, gerida pela prefeitura campinense. Se ele (João) não quisesse nem cuidar da segurança, seria algo lamentável”, observou o prefeito.

O prefeito afirmou que “é preciso ter um gesto de mais solidariedade para com Campina Grande, e não ficar só com essa demagogia política. É isso que a gente espera”.

Nas palavras de Romero, “foi investido muito mais nos desvios da Cruz Vermelha do que nas ações do Hospital de Trauma de Campina Grande”.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube