Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Reitor revela que UFCG só tem dinheiro para funcionar até meio do ano

Da Redação. Publicado em 17 de maio de 2019 às 22:06.

Foto: Paraibaonline

O reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Vicemário Simões, afirmou que os recursos concedidos pelo Governo Federal estão sendo bloqueados e a universidade não consegue dar andamento às aquisições de bens e serviços. Ele destacou que algumas atividades estão asseguradas até o fim do mês de junho, com a garantia de 40% do orçamento.

Vicemário destacou que a universidade está perdendo poder e capacidade de investimento ano a ano, resultando na ausência de troca de equipamentos e expansão de estrutura. Ele afirmou que o orçamento de R$88 milhões gastos anualmente são investidos em motoristas, limpeza e conservação de bens, despesas de água e energia, combustível e outras despesas do dia a dia.

O reitor destacou que a UFCG tem condições de funcionar até setembro caso o bloqueio continue da forma como está e disse que esse problema é unânime nas universidades federais.

– Dinheiro sobrando não tem, nunca vai ter. O orçamento hoje é igual ao do ano passado. Se nós tivéssemos mais recursos orçamentários, estaríamos fazendo um plano de recuperação de edificações. Dos 40% liberados, nós sobrevivemos até o final do mês de junho – disse.

As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Panorâmica FM.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube