Fechar

logo

Fechar

Professora: “Se o campo não planta, a cidade não se alimenta”

Da Redação. Publicado em 30 de maio de 2019 às 10:12.

A Universidade Estadual da Paraíba, Ministério da Agricultura e outras organizações realizam hoje, na Praça da Bandeira, em Campina Grande, uma feira agroecológica para promover os produtos orgânicos da região da Borborema, assim como para prestigiar o trabalho das muitas famílias envolvidas na produção do campo.

A segunda edição da feira faz parte de uma ação realizada em todo o Brasil para promover o produto orgânico.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Conforme a professora Élida Correia, cerca de 60 feirantes irão proporcionar aos visitantes a degustação de produtos da culinária nordestina, como a pamonha, queijos regionais, frutas da região e hortaliças, assim como a distribuição de plantas medicinais vindas de 25 municípios.

– Que a partir dessa experiência os visitantes queiram conhecer outras feiras e sair do mito de que o produto orgânico é pequeno e feio. Vamos tentar fazê-los refletir a respeito da problemática com relação à saúde, visto que, nos últimos dias, tivemos a liberação de mais de 160 tipos de agrotóxicos. Vamos estimular o homem do campo a produzir e levantar a bandeira do São João livre de transgênicos e agrotóxicos – explanou, durante participação no programa Conexão Caturité, que vai ao ar das 11h às 13h na Rádio Caturité FM (104.1) – líder de audiência no horário.

Escute a entrevista na íntegra.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube