Fechar

logo

Fechar

Presidente da ACCG: Empregos gerados nos primeiros meses de 2019 não contemplam NE

Da Redação. Publicado em 8 de maio de 2019 às 21:07.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande, Marcos Procópio, comentou sobre a realidade do desemprego no Brasil e citou que o estado da Paraíba já acumulou, ao longo deste ano, um déficit negativo de 8.500 empregos e Campina Grande acumulou um déficit de aproximadamente 500 empregos.

Marcos frisou que o Brasil, nos primeiros meses de 2019, gerou aproximadamente 179 mil empregos, sendo todos nas regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste.

Marcos declarou que as pessoas têm a falsa impressão de melhoria na empregabilidade na Paraíba com a chegada de pessoas que vão trabalhar no corte e industrialização da cana de açúcar durante um período, mas logo são dispensados da atividade.

– Mês que vem as pessoas vão ter uma falsa sensação de que esse número está reagindo porque entra o pessoal da cana de açúcar, o pessoal contrata o pessoal para fazer o corte e a industrialização da cana de açúcar, mas a realidade é o emprego sazonal. Eles fazem todo o processo da safra e depois eles saem – disse.

As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Panorâmica FM.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube