Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Prefeito comenta sobre economia com unificação das eleições e realidade financeira

Da Redação. Publicado em 28 de maio de 2019 às 11:24.

Foto: reprodução/internet

Foto: reprodução/internet

O prefeito da cidade de Bom Jesus, Roberto Baima, no Sertão, também participou da reunião promovida pela Famup na última semana para discutir assuntos relacionados aos municípios paraibanos e também sobre a unificação das eleições para 2022.

Roberto disse que é necessário que essa discussão seja estendida a todo o país, porque o Brasil não aguenta mais as despesas geradas e os entraves administrativos a cada ano de eleição.

Ele ressaltou que, após eleito, o prefeito tem apenas um ano para trabalhar direito pelo município, pois no ano seguinte à posse, já começam os preparativos para as eleições de presidente e governador, e depois dela a disputa pela reeleição nos municípios.

Roberto ainda comentou a situação financeira da cidade sertaneja. De acordo com ele, as receitas do município advêm do Imposto sob Circulação de Mercadorias e Serviços e o Fundo de Participação dos Municípios e que a realidade deste se compara aos demais que têm apenas essas como fonte de recursos.

– Estamos administrando a folha de pagamento e a cada dia ela está crescente, devido ao aumento dos salários e o FPM está abaixo do índice da inflação. Teremos cortes de 22% neste mês e de 15% no próximo, e para manter a folha, teremos que reduzir despesas – contou.

O prefeito ainda disse que, como a receita do município é pequena, a cidade não tem desenvolvimento, e os cidadãos viajam para cidades próximas, como Cajazeiras.

Ele ressaltou a importância de se haver uma partição maior para o FPM.

As informações são da Rádio Campina FM

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube