Fechar

logo

Fechar

Pecuaristas e vice-governadora se mobilizam em favor do Parque de Exposições de CG

Da Redação. Publicado em 21 de maio de 2019 às 21:49.

A abertura da 52ª Exposição de Animais e Produtos Industriais, na noite de domingo, em Campina Grande, foi convertida, em boa medida, numa espécie de defesa da preservação do espaço que sedia o evento: o Parque de Exposições Carlos Pessoa Filho.

Com relativa intensidade, foi cogitada pela administração estadual a utilização da área para edificação do prometido centro de convenções da cidade.

Após sublinhar que o local tem sido “recuperado, melhorado e ampliado” pela Sociedade Rural da Paraíba, o presidente da entidade, Josenildo Alcântara, disse aos presentes que “precisamos e devemos manter esse espaço como patrimônio da cidade e da região”.

Em sua fala, o empresário Pedro Martins (presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Paraíba) disse que o parque se constitui “numa vitrine para que o agronegócio” possa mostrar “o que temos em termos de pecuária”.

Em seguida, ele reiterou o pedido para que o Parque de Exposições seja mantido: “Existem outros espaços. Não é justo, nesse momento, demolir um espaço para construir outro”.

Em seu pronunciamento, a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) respondeu aos apelos dos oradores que a antecederam e realçou “a importância histórica” do Parque de Exposições campinense.

Ao final da solenidade, ela disse à APARTE que “escutei (os apelos) e vou conversar com o governador. Como filha de Campina, concordo que esse espaço tem que continuar como sendo um espaço para exposições e feiras”.

“Devemos procurar outro local para fazer o centro de convenções”, emendou a vice.

*fonte: coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube