Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Secretários municipais de CG recebem representantes da Associação de Surdos

Da Redação com Codecom/CG. Publicado em 10 de abril de 2019 às 8:48.

Na última terça-feira, 09, a secretária municipal Eva Gouveia (Assistência Social) e o atual secretário Bruno Cunha Lima (Chefia de Gabinete) receberam no auditório do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais (Ipsem), representantes da Associação de Surdos de Campina Grande.

A pauta da reunião foi para discutir as demandas e reivindicações da população surda de Campina Grande.

De acordo com os dados do último censo do IBGE, a Paraíba possui 181.762 pessoas com algum grau de deficiência auditiva, sendo que 6.470 possuem perda completa da audição. Em Campina Grande, existem cerca de 500 pessoas surdas, segundo levantamento da Associação de Surdos.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Fabrício Alves, presidente da Associação, destacou as dificuldades enfrentadas no dia a dia de toda a comunidade surda de Campina Grande. Na ocasião, ele destacou a importância dos intérpretes em Libras, qualificados nos órgão públicos da Prefeitura, seja por meio de concurso público ou de forma emergencial.

Segundo o representante, a presença desses profissionais é de extrema importância em ambientes públicos, como escolas e hospitais. Além da acessibilidade, registraram que as placas de sinalização em Libras, nas escolas municipais e em espaços de convívio social, podem facilitar a realização de atividades simples do cotidiano. Segundo a Lei 10.436, sancionada em Abril de 2002, a Língua Brasileira de Sinais (Libras), foi reconhecida como meio legal de comunicação e expressão no país.

Durante a reunião foi solicitado à Prefeitura de Campina Grande a doação de um terreno para a construção do Centro de Intérpretes em Libras (CIL), implantado pelo Governo Federal e que funciona na Escola de Audiocomunicação Demóstenes Cunha Lima.

De acordo com Helena Virgínia, representante do CIL, a rede municipal de ensino possui 197 intérpretes em Libras. Segundo ela, esse número não atende a demanda das escolas em Campina Grande. “Sempre que precisamos ir aos hospitais, consultórios médicos ou órgão públicos, temos que levar um intérprete voluntário. Se tivessem intérpretes, nesses locais, facilitaria o nosso acesso aos serviços”, declarou.

O atual secretário chefe de Gabinete, Bruno Cunha Lima, se mostrou sensível às causas para com pessoas com deficiência. Ele afirmou, durante a reunião, que irá se empenhar ao máximo, junto ao prefeito Romero Rodrigues, para atender às demandas solicitadas pela comunidade surda de Campina Grande.

A secretaria Eva Gouveia falou sobre a importância de ações e políticas públicas voltadas para a comunidade surda. “O prefeito Romero Rodrigues tem se mostrado muito sensível aos apelos sociais. O que nos trouxe reconhecimento nacional e internacional”, destacou Eva.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube