Fechar

logo

Fechar

Delegada fala sobre investigações do incêndio na Estação de Tratamento da Cagepa

Da Redação. Publicado em 25 de abril de 2019 às 23:33.

Foto: Secom/ PB

Após mais de um mês do incêndio que atingiu a Estação de tratamento de água de Gravatá, deixando Campina Grande e mais oito cidades sem água, as investigações seguem sendo realizadas pela polícia.

Em entrevista à Rádio CBN, a delegada Diane Barros explicou que as pessoas que tiveram o primeiro contato com a pane seguida de incêndio na estação de tratamento são funcionários da Cagepa, alguns com muito tempo de função, que foram ouvidos na delegacia.

– A gente também fez visitas lá no local em duas oportunidades, fizemos algumas fotos e teve a perícia presente no local também, logo que a delegacia foi acionada – disse.

A delegada falou também que o laudo pericial ainda não chegou para a polícia, segundo ela, após contato com os peritos eles informaram que estão no aguardo de respostas de oficio de outros órgãos para poder fechar o laudo.

– A gente também precisa bastante desse laudo, porque é quem vai nos indicar, de forma segura, a ocorrência ou não de ato criminoso – explicou.

Ainda segundo a delegada, levando em consideração as duas visitas ao local da ocorrência, não foi identificado nenhum indício de invasão ou violação nas imediações.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube