Fechar

logo

Fechar

Sepultado em Campina corpo do presidente da FAP

Da Redação. Publicado em 5 de março de 2019 às 22:44.

Foi sepultado ontem, 04, em um cemitério particular no bairro do Velame, em Campina Grande, o corpo do publicitário e presidente da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP) Helder Macêdo.

Muitas homenagens e um ato religioso marcaram a despedida.

Familiares e amigos estiveram presentes e lamentaram o falecimento de Helder.

Ele era presidente da FAP e estava afastando do cargo desde o mês de junho do ano passado devido ao tratamento de um câncer.

De acordo com familiares, o publicitário realizou uma cirurgia no mês de agosto e sofreu um AVC hemorrágico. Estava se tratando e tinha voltando a andar, mas complicações o levaram a ser internado no hospital Antônio Targino, onde passou quatro meses, mas não resistiu.

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

O filho de Helder, Dimitri Macedo, disse que a luta pessoal contra o câncer foi parte de sua missão para ajudar outras pessoas com a mesma doença.

– Ele se colocava no lugar das pessoas que não tinham condições de realizar um tratamento digno, como ele teve. A luta dele era para que essas pessoas tivessem acesso e condições ao melhor tratamento – contou.

O diretor presidente da Fundação Napoleão Laureano de João Pessoa, Antônio Carneiro, destacou o trabalho e a dedicação do ex-diretor da FAP.

– Helder foi uma pessoa que se destacou em toda a Paraíba na luta que ele teve, vitoriosa, de levar avante a luta contra o câncer em Campina Grande. Ele conseguiu um acelerador linear para a FAP, de modo que só merece as nossas reverências respeitosas por tudo o que ele foi – disse.

Amigo de Helder, Eriberto Mendonça, comentou sobre o legado deixado pelo publicitário.

– Deixou o legado de sempre pregar o bem, de sempre estar à disposição para a comunidade, para as pessoas e morreu cuidando de uma doença, que ele cuidou para outras pessoas. Deixa um exemplo de solidariedade, resignação e dedicação ao ser humano – homenageou.

Juca Victor, outro amigo, também falou sobre o ex-diretor da FAP.

 – Era uma pessoa fantástica, incrível, iluminada. Eu posso dizer que ser amigo dele é uma premiação –falou.

Há mais de dez anos, Helder se dedicava à FAP. Primeiro como conselheiro e, desde 2014, como presidente.

*Com informações da TV Paraíba

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube