Fechar

logo

Fechar

Fake News foi tema do Encontro de Comunicação e Mídias Digitais na Nova Consciência

Da Redação com Ascom. Publicado em 3 de março de 2019 às 7:47.

Foto: ascom

Foto: ascom

Durante o Encontro da Nova Consciência ocorrem vários eventos paralelos. Um deles foi o 8º Encontro de Comunicação e Mídias Digitais que, neste ano, discutiu sobre o uso das redes digitais por cuidadores de animais e Fake News.

Na palestra “Conectando anjos: o protetorado animal nas redes digitais” feita ´por Rafaela Nóbrega (professora e protetora dos animais) foi explicado ao público presente como funciona a arrecadação de fundos para o tratamento de animais resgatados pelo protetorado.

A protetora de animais exemplificou como as redes sociais são utilizadas para conseguir apadrinhamento para os animais abandonados, sendo bastante enfática quanto a necessidade de fazer campanhas constantes para boicotar a venda de animais e para que seja incentivada a prática da adoção.

Durante o evento foi realizada também a mesa-redonda “Fake News: uma leitura crítica do jornalismo atual” com Eduarda Brandão (internacionalista e mestranda pela UEPB), Raul Ramalho (jornalista, doutorando e professor da UEPB) Rostand Melo (professor da UEPB) e Socorro Palitó (doutora e professora de jornalismo na UEPB).

Ao longo da discussão os palestrantes falaram sobre a importância dos cursos de Jornalismo buscarem trabalhar a criticidade dos alunos para que, através de um olhar mais “apurado” saibam checar e identificar a veracidade das notícias.

“O furo atualmente não tem tanta importância como já teve no passado. O que também deve ser valorizado é o jornalismo investigativo, pois através de uma apuração mais profunda, é possível trazer um furo, uma denúncia”, afirmou o professor Ramalho.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube