Fechar

logo

Fechar

Em sessão especial na CMCG, secretária diz que luta por igualdade é permanente

Da Redação. Publicado em 12 de março de 2019 às 17:15.

Com autoria das vereadoras Ivonete Ludgério (PSD) e Pâmela Vital do Rêgo (MDB), bem como do vereador João Dantas (PSD), a Câmara Municipal de Campina Grande realizou nesta terça-feira (12) uma sessão especial em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

O encontro foi promovido no primeiro dia útil de atividades legislativas, após a comemoração da data na sexta-feira (8).

A secretária municipal de Educação, Iolanda Barbosa, participou do ato, onde afirmou a necessidade de permanente luta por justiça social.

Mesmo com avanços legislativos, Iolanda frisou que permanecem os desafios contra a violência.

– Não é porque temos hoje uma legislação que pune o agressor da mulher que nós estamos com os problemas de violência contra a mulher resolvidos neste país – ressaltou.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

A violência contra a mulher, pontuou Barbosa, é exercitada de várias formas.

– Não é apenas a violência física ou letal. É a violência diária. Quantas mulheres não sofrem violência intelectual? No seu local de trabalho? No espaço político? No espaço público? – questionou.

Na opinião da secretária, só pela condição de ser mulher, muitas são diminuídas, por isso, considera necessário travar uma luta permanente.

– Eu vivo nesta luta pela condição política de ser mulher, pela condição de ser gestora e de todos os outros papéis que assumo como mulher – pontuou.

A secretária fez também críticas à desigualdade salarial pelo recorte de gênero, propondo a sororidade como a forma pela qual as mulheres têm de atingir condições mais justas na vida social.

A palavra, pouco usada no cotidiano, significa a união e parceria, no lugar do exercício da competição umas contra as outras.

Com informações da Rádio Caturité FM.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube