Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Bolsonaro nomeia militar para segundo maior cargo do Ministério da Educação

Folhapress. Publicado em 29 de março de 2019 às 11:44.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução/Youtube

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Um militar foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) para ser o “número 2” do MEC (Ministério da Educação). O cargo de secretário-executivo será ocupado por Ricardo Machado Vieira.

A nomeação de Vieira foi publicada na edição desta sexta-feira (29) do Diário Oficial da União. A posição estava vaga desde o dia 13 deste mês.

O novo “número 2” do MEC ocupava até fevereiro deste ano o cargo de assessor especial do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão ligado ao ministério da Educação responsável pela aquisição de livros didáticos para as escolas públicas.

Vieira é tenente-brigadeiro. Na carreira militar, já chegou a ocupar o posto de chefe do Estado-Maior da Força Aérea Brasileira (FAB).

O nome do militar foi o quarto anunciado pelo governo de Jair Bolsonaro nos três primeiros meses de gestão para ocupar a segunda maior posição no MEC, pasta imersa em uma crise institucional.

Luiz Antonio Tozi permaneceu no cargo até 12 de março, e acabou demitido por Jair Bolsonaro quando tentou enfrentar os olavistas. Na ocasião, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez disse que Tozzi deixou a pasta em um “processo de reestruturação”.

Depois de Tozzi, Vélez chegou a anunciar em uma rede social o nome de Rubens Barreto da Silva, o que não se concretizou. Iolene Lima foi a terceira opção do ministro para o cargo, mas acabou demitida oito dias depois de ser anunciada também por uma rede social.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube